Um Recado Para Você!

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

SE SEU CASAMENTO PASSOU POR ESSAS CINCO FASES ELE ESTA MAIS FIRME DO QUE NUNCA

  • Imagem relacionadaUm casamento sadio é aquele que faz com que ambos se aproximem em cada dificuldade, aprendam juntos e, ao final, estejam mais unidos do que antes.
    Quem é casado sabe que as dificuldades são muitas e constantes, mas todas elas possíveis de vencer e todas trazem junto de si algo para amadurecer a relação.
    Os anos de casado são recheados de fortes emoções, algumas delas quase acreditamos não termos condições de vencer, mas acreditando no amor que os uniu e aproximando-se do cônjuge (ao invés de afastá-lo) tudo se transforma em experiência e deixa o relacionamento ainda mais sólido.
  • 1. Dificuldade financeira

    Levante a mão quem nunca passou por uma fase destas. Mas algumas vezes essa fase vem realmente complicada. Desemprego e dificuldade de recolocação complicam ainda mais as finanças do casal. As contas continuam chegando e as necessidades da família aumentando.
    As finanças são uns dos principais fatores que atualmente os casais se divorciam, mas é possível vencer essa dificuldade juntos. Usar a criatividade, controlar melhor os gastos, usar de empatia podem ser ferramentas altamente eficazes.
  • 2. Estabelecer uma rotina

    Não é fácil para a maioria dos casais estabelecer uma rotina em que ambos se sintam à vontade e felizes. Muitas vezes um dos cônjuges pode se sentir sobrecarregado e sem expor esse sentimento ele vai se tornando cada vez maior. O melhor a fazer nestes casos é conversar tantas vezes quantas forem necessárias até que consigam estabelecer algo que seja interessante para o casal.
  • 3. Intimidades

    Cada um dos cônjuges pode ter sentimentos e desejos diferentes em relação às intimidades entre o casal. Enquanto um espera demais outro se contenta com menos. Esta pode ser uma dificuldade e tanto se não houver diálogo e ambos cederem um pouquinho. Entender o lado do outro e usar de empatia são as ferramentas necessárias para contornar essa situação.
  • 4. Interferência da família

    Os familiares algumas vezes anseiam por dar opinião e interferir no relacionamento do casal. Muitas vezes até não fazem por mal, mas com desejo de transferir a experiência que já tiveram. No entanto, isso pode ser motivo de desavenças entre os cônjuges. É preciso pensar que a prioridade de um é o outro e com bons modos fazer com que o restante da família entenda quais são os limites aceitáveis para eles.
  • 5. Imaturidade

    Só se aprende a viver juntos depois que ambos entram no casamento. São muitas coisas que passam a fazer parte do dia a dia de ambos. Os costumes do outro, as novas responsabilidades, os filhos que chegam ao longo da jornada, espera-se que aos poucos o casal aprenda a dar as devidas proporções para cada barreira enfrentada, que amadureçam juntos e aprendam que não vale a pena se indispor por qualquer motivo e que essas pequenas desavenças, aos poucos, conseguem destruir um relacionamento. A maturidade do relacionamento vai chegando aos poucos e deixando o casamento muito mais interessante, além do casal se tornar realmente companheiros.
    Acredite, todo casamento tem suas pedras de tropeço, é preciso vencê-las de mãos dadas para torná-los gigantes perante as novas barreiras que estarão por vir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário