Um Recado Para Você!

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Pisou na bola? Reconquiste seu Conjuge

  • Resultado de imagem para Pisou na bola? Reconquiste seu conjuge

  • Ninguém nos ensina exatamente as verdades do casamento, e a grande maioria de nós também está tentando acertar, entre erros e acertos. Mas a responsabilidade do casamento é de ambos os cônjuges. Criar uma família também. As causas do divórcio variam grandemente, mas a infidelidade é uma das causas mais comuns. Muitas vezes a distância entre o casal começa por um motivo qualquer, por falta de comunicação, por uma opinião diferente, enfim, qualquer que seja o motivo, há solução sim.
    A infidelidade é uma estrada quase sem volta, que, aqueles que enveredam por ela, se o casamento possuir insatisfações prévias, tendem à separação. Perdoar não é sinal de fraqueza, muito pelo contrário. Um cônjuge que trai mas está arrependido e busca o perdão do outro, merece um voto de confiança. Há muito o que pesar na balança, entre família, filhos, e assumir que ninguém é perfeito e todos merecem uma segunda chance é essencial. Afinal de contas, 'somos julgados à medida que julgamos os outros'.
    Independente do que você fez que maculou a confiança que o cônjuge tem por você, ou se foi você quem teve um encontro extraconjugal, contou ao cônjuge por decidir que ainda o ama, mas a mágoa está estabelecida, precisa decidir se vai realmente conseguir ter paciência para resgatar seu casamento, este artigo é para você. Você errou ou o outro errou. E agora? O que fazer para reconquistar a confiança de seu cônjuge? Compartilhe este artigo com o cônjuge ou leiam juntos, quantas vezes precisarem, e juntos caminharão para o restabelecimento do casamento.
  • 1. Seja paciente ao extremo

    Depende das pessoas envolvidas e sua forma de reação ao ocorrido, mas você tem que ser paciente com seu cônjuge. Ele(a) poderá passar por períodos de extrema baixa autoestima e depressão, cobrança e inconformismo. Esteja preparado para responder perguntas. Cada pessoa tem um tempo próprio para se restabelecer. Não dite esse tempo, mas respeite sua dor.
  • 2. Pare definitivamente de mentir

    Pare de mentir, defender-se ou ficar dando desculpas de seus atos. A culpa não é do seu cônjuge por você tê-lo traído, é sua. Trair é uma mentira. Jesus Cristo não disse que Judas o traiu? Como? Judas mentiu. A confiança uma vez quebrada leva tempo para ser restabelecida. Não há problema no casamento que a solução seja um caso extraconjugal. A traição é uma escolha, por pior que a relação esteja. Se você continuar mentindo, seu marido ou esposa nunca conseguirá confiar em você novamente. Seja íntegro. Sua vida deve ser um livro aberto, com nada a esconder. A longo prazo, isso só lhe trará benefícios.
  • 3. Melhore a comunicação

    É necessário que a comunicação entre marido e mulher seja respeitosa, honesta e aberta. Vocês precisam aprender a conversar, e isso significa aprender a ouvir, manter a palavra e honrar os acordos feitos. .
  • 4. Foque no positivo

    Quando um cônjuge é traído, a imagem da traição pode vir à tona a qualquer momento. Essa dor precisa ser comunicada sem atacar ou culpar o outro a toda hora. Tenha paciência, foque no positivo, o que passou já passou, mas seja humilde e faça com que suas ações demonstrem que você escolheu ficar ao lado da pessoa que ama porque esta é a escolha que fez. Viva e ajude o outro a viver o presente agora.
  • 5. Seja assertivo

    Cada vez que o problema da falta de confiança ressurgir, diga, “Eu sei que cometi um erro e peço perdão sinceramente por isso. Eu sei que tenho causado muita dor. Estou aqui agora com você porque lhe amo. Há qualquer coisa que possa fazer para você se sentir melhor?” Então ouça o que a pessoa disser e tente ouvir com o coração e entender que talvez você precisa de uma mudança de atitude. Esse autocontrole desarmará a raiva, reafirmará o amor e abrirá a oportunidade para um abraço com carinho, aproximando-os.
  • 6. Aproxime-se do cônjuge

    Não o deixe sozinho. Venha na hora certa depois que sair do trabalho. Passem mais tempo juntos, façam mais atividades juntos. Saiam mais, e conversem mais. Melhore a convivência. Trate-o como gostaria que ele fosse, seu amor eterno e companheiro para a vida toda. Dê-lhe a atenção que merece e seja dedicado em fazê-lo sentir-se amado.
  • 7. Decida não brigar

    Além do desgaste causado pela traição, outros assuntos sobre privacidade e possessividade surgidas depois disso, poderão minar o casamento. Não rebata. Não vale a pena desgastar ainda mais o que se está tentando consertar.
  • 8. Comporte-se como alguém casado

    Nada de cobiçar pessoas do sexo oposto, manter conversações íntimas em particular com o sexo oposto, ou atividades de qualquer natureza onde fique sozinho(a) com o sexo oposto. Isso vai apenas servir de estopim para mais desconfiança.
  • 9. Começar de novo

    Essa é uma oportunidade para se aproximar, trabalhar no que está errado e melhorar, fazendo o casamento melhor do que antes. A força do perdão é infinita, e a do arrependimento também.
  • 10. Procure terapia para casais

    É uma opção a se considerar caso não saiba como fazer tudo isso, ou se a outra parte não progride rumo à resolução do problema.
    Aprender a perdoar e resolver os problemas num casamento traz força e faz com que essa relação não seja ameaçada por nenhum outro problema futuro. Desistir é o que a maioria faz por estar muito preocupada com o que os outros vão pensar. Restituir o erro e estabelecer a paz é para os fortes, com certeza. Não é fácil, mas se cada vez que um cônjuge comete um erro, desistimos de tudo e partimos para o divórcio, outros casamentos virão e outros divórcios também, e não estaremos aprendendo coisa alguma ou sequer ensinando os filhos a como resolver os problemas ou a como perdoar, na prática, não somente em teoria, ou seja: por exemplo.
    Se ambos se esforçarem para alcançar e viver o perdão na vida a dois, muitas bênçãos virão para a manutenção da família, que é o que realmente e comprovadamente nos traz felicidade verdadeira e duradoura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário