Um Recado Para Você!

quarta-feira, 18 de setembro de 2013

Sinais de que seu Cônjuge está se Sentindo Emocionalmente Maltratado

Todos os casamentos têm problemas. A diferença, no entanto, está no empenho do casal em querer melhorar individualmente para fazer o cônjuge feliz.

Afinal, o egoísmo é uma das piores armas contra o relacionamento.

Alguns problemas matrimoniais podem ocorrer quando um dos cônjuges ou os dois não percebe que está magoando o outro. Ou seja, nem sempre o marido ou a mulher se dá conta de que algumas atitudes estão machucando emocionalmente o cônjuge. Muitas vezes elas não são intencionais. Mesmo assim, surtem efeitos negativos.

Veja alguns sinais de que seu marido ou sua mulher está se sentindo infeliz no casamento, e principalmente, procure reconhecer quais são as atitudes que estão provocando tal descontentamento.

1. Silêncio
Um dos principais sinais de mágoa é o silêncio. Se você puxa conversa, mas seu cônjuge não dá um feedback, é sinal que algo não vai bem. Então, pergunte com calma o que está acontecendo, e seja todo ouvidos quando ele(a) for sincero(a).

2. Melancolia constante
É o sinal mais evidente de que o motivo do problema está dentro do lar. Tristeza normalmente não dura por muito tempo se for por motivos externos.

3. Aspereza constante
Com exceção de alguns períodos específicos da vida, como a TPM na mulher por exemplo, o cônjuge que se tornou repentinamente agressivo com palavras está sinalizando infelicidade.

4. Seu cônjuge está fazendo coisas que antes não fazia
Se você perceber que seu cônjuge está fazendo sozinho atividades diferentes das habituais, pode ser que esteja procurando alegria em outras coisas, já que com você não encontra. Então, fique atento se ele, de repente, passou a ficar mais tempo que o comum em frente ao computador, ou se está saindo demais de casa, ou pior, se está ficando muito tempo isolado.

5. “Não aguento mais isso”
É o sinal mais temível, porque quando o cônjuge externa essa frase, é porque realmente as coisas estão muito difíceis para ele. Mas também é um bom momento para você analisar qual é a atitude que está fazendo com que seu cônjuge esteja a ponto de estourar, ou de se mandar.

Sem dúvida, a melhor solução para esse problema é a conversa. Mas se até mesmo o diálogo for difícil com seu cônjuge magoado, tente novas abordagens, como mensagens carinhosas durante o dia ou presentes inesperados. Faça o possível para reverter o quadro se o amor por seu cônjuge for verdadeiro. Nem sempre você maltrata intencionalmente a pessoa que ama. Muitas vezes influências externas fazem com que você desconte seu estresse dentro do lar e nem perceba. Por isso, uma ajuda profissional seja necessária, mas o importante é que o mau-trato não persista sob o risco de seu cônjuge perder o amor e o respeito por você.


Marcia do Amaral Denardi Albuquerque

Nenhum comentário:

Postar um comentário