Um Recado Para Você!

terça-feira, 28 de maio de 2013

É Simples: Coloque-se no Lugar do Outro




Se você estivesse na situação do seu cônjuge, você gostaria que DEUS a (o) abandonasse, tirasse os olhos de você e dissesse que não haveria mais esperança de sua salvação?Se você estivesse do outro lado, escravo do pecado da mentira, do adultério, encarcerado nas algemas da prostituição, gostaria que nenhum irmão orasse por você e que a igreja de CRISTO,         aqui na terra, a (o) repudiasse?

O que você mais desejaria, se estivesse no lugar do seu cônjuge opresso? Que não houvesse ninguém  para te amar verdadeiramente, pagar o preço em oração pela tua vida?

Pense nisso, antes de querer desistir da luta e de achar que o teu cônjuge não tem mais jeito, que realmente o teu casamento acabou.

É muito simples: quando você quiser fazer algum pré-julgamento a respeito da situação espiritual de determinada pessoa, basta que você se coloque no exato lugar em que ela se encontra. Assim, você conseguirá amá-la verdadeiramente, jamais desistindo da vida dela, até que o SENHOR DEUS lhe dê a Palavra final (restauração ou morte, pois, se DEUS foi fiel testemunha do seu casamento, te fez uma só carne com uma pessoa, ELE não quer que você viva todo o tempo longe dessa pessoa, nem, muito menos, que ambos se divorciem e se relacionem sexualmente com uma nova criatura – adultério).

Selma, uma irmã em CRISTO, residente em Brasília, Distrito Federal, casou-se com um homem, o qual veio a repudiá-la e a viver no deleite do mundo e do pecado. Selma, por três anos, orou pela vida do seu marido, de joelhos no chão, sempre buscando o SENHOR JESUS em primeiro lugar. Depois desse tempo, o marido dela foi assassinado por uma dívida de drogas de 10 Reais. Mas Selma fez a parte dela: não desistiu de orar e de olhar para JESUS, enquanto o marido estava vivo. Hoje está casada com um homem de DEUS e com uma família extremamente abençoada. Saber esperar pelo tempo e pela resposta de DEUS é uma das principais virtudes de um cristão. Desistir do cônjuge e do casamento, enquanto há esperança em CRISTO, é indício de dureza do coração e de desobediência a DEUS. Uma pessoa, que age assim, certamente não está com o ESPÍRITO SANTO, porque DEUS nunca desistiu nem desistirá de nossa vida, mesmo quando O desagradarmos.

Ore muito, tenha uma vida de profunda intimidade com o SENHOR DEUS e verás que não há nada impossível nem demasiadamente difícil para ELE realizar. Ore e espere. E verás a glória de DEUS na sua vida e na vida do seu cônjuge. Ao final, você verá que valeu a pena lutar.    Invista na sua família!

FERNANDO CÉSAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário