Um Recado Para Você!

terça-feira, 28 de maio de 2013

A importância que damos ao nosso casamento é diretamente proporcional à felicidade no amor

A importância que damos ao nosso casamento é diretamente proporcional à felicidade no amor"Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração."(Mateus 6:21).

Quais são as coisas mais importantes da sua vida? Responder a essa pergunta parece fácil, porém, em uma análise mais cuidadosa percebemos que a maioria das respostas representa o ideal e não a realidade.

Muitos dizem que, o mais importante é a família, mas dedicam tempo demais ao trabalho e justificam-se dizendo que trabalham para a família, ora, afinal precisa-se de dinheiro para sobreviver. Outros dizem que, o seu casamento é o mais importante, mas pouco se dedicam ao seu cônjuge.

Quando consideramos algo realmente valioso nossa atitude é cuidar, zelar, proteger e colocá-lo em um lugar de real destaque. Assim como dizem as sábias palavras bíblicas, onde estiver nosso tesouro estará nosso coração.

Os casamentos mais felizes são aqueles em que ambos os cônjuges, o estimam a tal ponto de considerarem como um tesouro valioso. Verdadeiramente colocam seu coração em seu casamento.

Esse tipo de relacionamento matrimonial é possível para aqueles que reconhecem o quanto o casamento pode ser uma fonte inesgotável de alegria e autorrealização.

Élder L. Whitney Clayton (líder religioso) considera o seguinte a respeito de cônjuges que consideram seu casamento de inestimável valor:

"[Marido e mulher] sabem que nenhum outro relacionamento de qualquer espécie pode proporcionar tanta alegria, gerar tantas coisas boas ou produzir tamanho refinamento pessoal."

Reconhecer o potencial do matrimônio é o primeiro passo para valorizá-lo devidamente. O que vemos se proliferar no mundo hoje são ideias contrárias ao casamento de base legal e espiritual, uma banalização de algo tão sublime e sagrado e um descomprometimento para com o outro. O efeito disso, maior número de divórcios em 20 anos, lares desfeitos, filhos que sofrem, às vezes, brigas e conflitos. Não precisa ser assim, o amor que uniu um casal não precisa acabar, desde que, esse amor, seja valorizado e colocado em um lugar de destaque na vida de ambos os cônjuges.

Há certa frase, de autor desconhecido, que diz: "Aqueles que se casam para ser feliz, já estão fadados ao fracasso. O sucesso no casamento consiste em fazer o outro feliz." 

Se ambos os cônjuges valorizarem seu casamento a ponto de o considerarem um tesouro valioso, e essa consideração refletir através de suas atitudes, não haverá nada capaz de destruir esse laço de amor e felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário