Um Recado Para Você!

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Confiança no casamento




 1- Considerações sobre a confiança.

- A confiança é essencial aos bons relacionamentos, sejam eles de amizade, familiar, sociedade, negócios.
- A confiança pode levar muito tempo para ser construída e segundos para ser destruida.
- A confiança é uma ponte entre duas ou mais pessoas construida nos pilares da: Sinceridade, Competência e Congruência.

a- Sinceridade: Viver abertamente os próprios sentimentos e atitudes do momento. Ser franco e transparente.
b- Competência: Está na capacidade de fazer o que se promete.
c- Congruência: Falar e agir de acordo com seus sentimentos e pensamentos. É ser você mesmo.
“O que está dentro de você é o que você expressa aqui fora”

Esses três pilares sustentam a força da Confiança, logo posso ir e voltar por essa ponte que ela é forte.

2- A exegese da palavra confiança:

A palavra confiança é derivada da palavra “traustr” que vem do escandinavo antigo que significa forte. Esta mesma palavra, deu origem a raiz da palavra verdade.

Logo-se confia em alguém, que se acredita que ela seja forte e verdadeira.

Confiança é o resultado do conhecimento sobre alguém. Quanto mais informações corretas que tivermos sobre quem necessitamos confiar, melhor será, todavia formamos um conceito positivo sobre a pessoa.
Se dissociarmos a palavra confiar temos: com = juntos, fiar = dar crédito. A confiança verdadeira é isso, dar crédito um ao outro e a nós mesmos.

3- Princípios divinos sobre confiança matrimonial.

 a- Será preciso possuir o temor do Senhor: Prov 14:26 e 27
 b- Será preciso edificar a casa na Rocha que é Jesus Cristo. Mateus 7:24 a 29
 c- O marido precisa amar a esposa como Cristo amou a igreja. Efésios 5.25
 d- A esposa precisa ser submissa. Efésios 5: 22 a 24
 e- Será preciso beber água da tua própria cisterna. Prov 5: 15 a 18.
 f- O lugar de homem casado é em casa. Prov 27:8
 g- Fugir da aparência do mal. 1Tessalonicenses 5:22

4- Como alcançar profunda confiança no casamento.

a- Conhecimento
b- Confiança
c- Comunhão
d- Compromisso
e-Crescimento

Conclusão:
A confiança começa com a autoconfiança, quem não confia em si mesmo, como poderá confiar em outra pessoa?  Como disse: François La Rochefoucauld:

Confiança que temos em nós mesmos, reflete-se em grande parte, na confiança que temos nos outros.

Antonio Magnani



Nenhum comentário:

Postar um comentário