Um Recado Para Você!

quarta-feira, 27 de julho de 2016

Respostas de Deus para Perguntas Difíceis

Quem de nós nunca questionou algo a Deus?
Se não foram em palavras foram em pensamentos.
Mas Ele tem todas respostas.
As perguntas virão em dias de dor, e com elas respostas de Deus!

Onde Deus estava quando tudo isso aconteceu comigo?

Ele estava lá e ele vê tudo.
Senhor Deus vê o que acontece em toda parte; ele está observando todos, tanto os bons como os maus. Pv 15:3
Ele não se importou?
Sim, Ele se importou e continua se importando
Senhor Deus é bom.Em tempos difíceis, ele salva o seu povo e cuida dos que procuram a sua proteção.Na 1:7
Portanto, sejam humildes debaixo da poderosa mão de Deus para que ele os honre no tempo certo. Entreguem todas as suas preocupações a Deus, pois ele cuida de vocês.1 Pe 5:6-7
Como um Deus amoroso pôde permitir que algo assim acontecesse? 
Deus deu à sua criação a liberdade de escolher. Ele não criou as pessoas para serem marionetes. 
Hoje estou deixando que vocês escolham entre o bem e o mal, entre a vida e a morte. Dt 30:15
O Senhor entende como eu me sinto?
Sim, mais do que qualquer outra pessoa.
O nosso Grande Sacerdote não é como aqueles que não são capazes de compreender as nossas fraquezas. Pelo contrário, temos um Grande Sacerdote que foi tentado do mesmo modo que nós, mas não pecou. Hb 4:15
Posso me recuperar?
Todas as coisas são possíveis para Deus
Ele deseja curar você
Jesus olhou para eles e respondeu: Para os seres humanos isso não é possível; mas, para Deus, tudo é possível. Mt 19:26
Ó Senhor, cura-me, e ficarei curado; salva-me, e serei salvo, pois eu canto louvores a ti. Jr 17:14
Como posso ser curada?
Confiando que Deus é fiel em cumprir sua Palavra- 
Tu, ó Senhor Deus, és fiel com os que são fiéis a ti e correto com aqueles que são corretos. Sl 18:25
Por onde começo?
Deus ouve você, confesse sua mágoa .
Quando as pessoas honestas chamam Senhorele as ouve e as livra de todas as suas aflições. Ele fica perto dos que estão desanimados e salva os que perderam a esperança. Salmos 34:17-18. 
Perdoe a pessoa que magoou você.
Não fiquem irritados uns com os outros e perdoem uns aos outros, caso alguém tenha alguma queixa contra outra pessoa. Assim como o Senhor perdoou vocês, perdoem uns aos outros. Colossenses 3:13
Não é difícil perdoar?
Sim, é difícil perdoar. No entanto, Deus a capacitará a obedecer aquilo que ele ordenou.
Aquele que os chama é fiel e fará isso. 1 Ts 5:24
Compreenda que Deus perdoou você.
Pelo contrário, sejam bons e atenciosos uns para com os outros. E perdoem uns aos outros, assim como Deus, por meio de Cristo, perdoou vocês. 
Ef 4:32
O que devo fazer então?
Não se vingue.Deus tratará da pessoa que ofendeu você. 
Meus queridos irmãos, nunca se vinguem de ninguém; pelo contrário,deixem que seja Deus quem dê o castigo. Pois as Escrituras Sagradas dizem: “Eu me vingarei, eu acertarei contas com eles, diz o Senhor.” Rm 12:19
não guarde rancor, prossiga com sua vida.
Mas agora o Senhor Deus diz ao seu povo:“Não fiquem lembrando do que aconteceu no passado,não continuem pensando nas coisas que fiz há muito tempo. Pois agora vou fazer uma coisa nova,que logo vai acontecer, e, de repente, vocês a verão. Prepararei um caminho no deserto e farei com que estradas passem em terras secas.Is 43:18-19
Quando serei curada?
A cura de mágoa profundas leva tempo.tempo de matar e tempo de curar;tempo de derrubar e tempo de construir. Ec 3:3
Nesse processo, é preciso encarar o mal que foi feito, reconhecer os seus sentimentos, e aplicara verdade de Deus expressa em sua Palavra.
Com a sua palavra, ele os curou e os salvou da morte. Sl 107:20
Extraído da Bíblia da Mulher- página 869

segunda-feira, 25 de julho de 2016

Como deve ser o Casamento Cristão?

Um casal que deseja ter um casamento cristão pleno, abençoado e repleto da felicidade que o relacionamento pode proporcionar precisa, antes de tudo, fortalecer o seu relacionamento com Deus.
Quando cada um, esposa e marido, assumem a sua responsabilidade e o seu papel no casamento cristão, segundo aquilo que Deus determina, podem transformar o lar, a família e o relacionamento para proporcionar aquilo que realmente desejam e cumprem a vontade de Deus para suas vidas e para o casamento.
É assim que deve ser um casamento cristão, guiado pelos desígnios de Deus diante de qualquer situação que o casal possa vivenciar, quando entendemos que para ter uma vida conjugal e familiar feliz temos que realizar os princípios de Deus aliançados com a sua verdade, temos a certeza que independente da luta, da adversidade ou das dúvidas diante dos problemas vividos no casamento cristão, seremos vitoriosos em tudo. Mas como chegar a isso? Na teoria parece muito fácil, mas e no dia a dia, no auge dos problemas, no furor das emoções, como é possível conquistar essa plenitude no casamento cristão? Mantendo-se firme na palavra, no seu papel na relação, no posicionamento, na fé.

Como deve ser o casamento cristão? Foco – Unidade:

Pode parecer complicado, mas não é, desde que cada um esteja disposto a construir juntos, a permanecer unido e não se distanciar por falta de diálogo ou de atenção e carinho um para com o outro. Não espere a crise chegar para só depois conversar, converse sempre, mantenha a porta do diálogo aberta e procure fazê-lo de forma tranquila, digna e buscando não ofender ao outro. Invista em seu casamento, preocupe-se mais com o seu conjuge do que com seus bens materiais. E faça do seu casamento um verdadeiro lar, seguro para os seus filhos, agradável e feliz para o casal. Cultive a saúde emocional do seu relacionamento.

Dicas para a Esposa Cristã

Muitas vezes, nós enquanto esposas, desejamos tanto ver mudanças no comportamento e atitude de nossos maridos que não nos damos conta do quanto a nossa própria atitude pode influenciar na mudança que tanto desejamos.
É comum a mulher agir com picuinhas e pirraças quando o marido não faz algo que ela quer ou do jeito que ela quer, mas mesmo que o que você deseja que ele faça seja o melhor, tenha certeza que esta não é a melhor forma de conseguir, pois mesmo que seu marido ceda a sua pressão, vocês estarão sempre em um círculo vicioso, em um cabo de guerra onde não há vencedores, pois o prejudicado neste tipo de relação é o próprio casamento, por isso você esposa, atente-se as dicas para a esposa cristã que inserimos aqui, para que você veja não somente a mudança que deseja para o seu esposo, mas para que viva verdadeiramente um casamento segundo a vontade de Deus para vocês.

Dicas para a Esposa Cristã:

1.) Nenhum marido gosta que a esposa levante a voz para ele, por mais razão que tenha. Se você acredita que as chances de ele te ouvir antes de você iniciar a abordagem já eram pequenas, se você gritar com ele, essa chances com certeza serão iguais a zero, por isso não levante a voz para ele. Saiba que sua voz doce surte muito mais efeito.
2.) Não o acuse por algo que exista somente na sua imaginação, se o seu marido não te deu nenhum motivo e não há nenhuma evidência jamais o acuse de flertar com outra mulher.
3.) É bem sabido que a mulher, mesmo que de forma velada, gosta de competir com outras mulheres e muitas vezes demonstra isso na sua forma de vestir. Você já ouviu a frase: a mulher se veste para outra mulher? Isso acontece porque a mulher tem o desejo secreto de sentir-se mais bonita, mais bem vestida e até mais desejada do que as outras e não pense que isso acontece somente no mundo, infelizmente, vemos isso acontecer também entre mulheres cristãs. Muitas mulheres também se vestem de forma sensual para atrair a atenção de outros homens. Seja pela razão que for, não crie motivos desnecessários de conflito no seu casamento, vista-se sensualmente somente para o seu marido.
4.) Se o seu marido disse que não está pensando em nada, acredite, pois os homens tem realmente esta capacidade e precisam deste tempo de reflexão com o nada para renovarem suas forças. Deixe-o pensar em nada de vez em quando.
5.) Ele reclama que você demora demais para se arrumar? Comece mais cedo! Leve o tempo que precisar, mas esteja pronta na hora combinada.
6.) Jamais ridicularize o seu marido, não exponha os defeitos dele e muito menos os problemas do casal na frente dos outros, vocês são um time, por isso joguem juntos e não um contra o outro.
7.) Faça do seu marido seu melhor amigo e nunca deixe que ele seja o último a saber.
8.) Os maridos também gostam de serem conquistados, deixe que ele tenha a iniciativa  na maior parte das vezes, mas também tome a iniciativa de vez em quando.
9.) Controle seus impulsos consumidores, ele sabe que você merece ser presenteada, mas não estoure o orçamento familiar só porque você viu um vestido maravilhoso no shopping.
10.) Implique menos com a tampa do vaso, a toalha molhada na cama, o sapato jogado na sala. Não estou dizendo para que você deixe seu marido fazer o que quiser, mas mude a sua abordagem, você pode se surpreender com os resultados.
11.) Seja carinhosa, atenciosa e prepare uma surpresa agradável de vez em quando, um prato especial, uma noite especial…

12.) Mantenha sempre o respeito em primeiro lugar, mesmo que você não concorde com seu marido em um primeiro momento. Você é a intercessora, a coluna do seu lar, busque em oração aquilo que você não consegue mudar e principalmente…

terça-feira, 19 de julho de 2016

Sinais de que Você tem um Marido Excelente

Muitas são as qualidades de um bom marido, mas se seu marido faz pelo menos a metade destes itens, você tirou a sorte grande. Se não, compartilhe com ele e ajude-o a melhorar. 

C. A. Ayres

  • Eu não sou um exemplo de pessoa romântica. Ao mesmo tempo que quero que meu marido seja, assumo que às vezes meu casamento não é mais "carinhoso" por minha falta, mas reconheço que o casamento é maravilhoso, e também desafiador. Enquanto queremos ter um marido perfeito, que nos respeite e se dedique ao relacionamento, também precisamos nos esforçar para que a relação progrida de acordo.
    Pensando nisso, com a ajuda de algumas amigas e conhecidas, resolvemos listar quais qualidades fazem nossos maridos ótimos e excelentes companheiros para a vida.
  • 1. Ele se comunica com você

    Isso inclui saber ouvir, levar minha opinião em consideração, decidir junto, entender o porquê muitas vezes eu quero ou não quero algo. Ele se comunica comigo sobre coisas da vida, necessidades de nossa família, e até mesmo política, esportes e notícias diárias.
  • 2. Ele ama passar tempo ao seu lado

    Não importa o que estamos fazendo junto. Talvez nada, mas mesmo assim ele quer ficar perto. Seja assistindo um filme em casa, ou andando no parque. Ele gosta e aprendeu a gostar de coisas que eu gosto.
  • 3. Ele lhe faz rir

    Ele sabe que eu, e basicamente toda mulher, gosta de um homem de bom humor, que saiba rir de si mesmo. E eu sei que ele só encontra a piada do momento mais crítico justamente porque tem intimidade para fazê-lo comigo. Para um homem que ama, o sorriso de sua amada lhe faz muito feliz.
  • 4. Ele lhe apoia

    Quantas vezes eu vou contra alguma coisa que ele quer fazer pensando na família ou no futuro financeiro, por exemplo, mas não importa o que eu queira fazer, ele está sempre ali me apoiando. Mesmo quando cometo erros e duvido de mim mesma, ele está ali me incentivando e ao meu lado.
  • 5. Ele sempre lhe ensina o que sabe

    Tenho que admitir, até alguns truques de cozinha aprendi porque ele me ensinou algumas coisas que aprendeu com sua mãe quando a ajudava enquanto crescia. Ele sabe que não sabe tudo e também quer aprender.
  • 6. Ele é leal

    Até hoje não encontrei um homem que não olhe para as coisas bonitas que existem, inclusive outras mulheres. E eu sei que nós mulheres também o fazemos. Mas, independente disso, um homem que sabe que há apenas uma mulher a quem deva se dedicar e entregar seu coração, é valioso. Um homem que trata sua própria mulher como a pessoa mais maravilhosa que existe, por dentro e por fora, precisa ser reconhecido.
  • 7. Ele reconhece seus erros

    Todo homem é orgulhoso e não quer fazer nada que diminua sua masculinidade, mas um homem maduro o suficiente que reconhece seus erros e trabalha para melhorá-los e, principalmente, não repeti-los, é recompensador.
  • 8. Ele protege e cuida de você

    Ele se preocupa com sua segurança e de sua família. Ele quer que você ligue para dizer que chegou bem nos lugares onde precisa ir. E faz questão de que você e a família estejam bem cuidados, física e emocionalmente.
  • 9. Ele entende e respeita você

    Ele sabe o que lhe irrita e o que lhe deixa contente, e lhe entende como ninguém. Ele presta atenção nos pequenos detalhes, qual sabor de sorvete você gosta mais, qual cor, e coisas que realmente importam na vida. Ele não lhe provoca, entende seus valores e respeita suas escolhas, mesmo que as dele sejam diferentes.
  • 10. Ele lhe trata como igual

    Ele não lhe vê como inferior a ele, e não pensa que é melhor que você. Ele acredita que você possui grandes qualidades e características únicas e lhe admira por quem você é.
    Que possamos fazer parte de uma geração de mulheres que reconhece o valor dos homens, ensinando e sendo um exemplo a nossos maridos e filhos de que o casamento equilibrado ainda é possível se trabalharmos juntos, o progresso no casamento existe e o amor ainda pode vencer todos os males.
  • C. A. Ayres

Uma Conversas que todo Casal precisa ter sobre Sexo

  • Nem precisa dizer que o sexo é uma experiência incrível e íntima. Como você sabe, ele desempenha um papel importante no casamento e traz benefícios para a saúde. E, de fato, é um dos poucos temas que facilmente nos chama a atenção.
    É claro que todo casal quer ter uma ótima intimidade.
    No entanto, para ter essa ótima intimidade em seu casamento, você primeiro precisa ter algumas conversas sobre o assunto com o seu cônjuge. Essas conversas podem ser cheias de risos e novas descobertas sobre o outro, mesmo que comecem de maneira um pouco desconfortável.
    Aqui estão 8 assuntos que vocês devem ter como marido e mulher sobre sexo.
  • 1. Qual a melhor frequência semanal para você?

    Cada um é único e diferente. Nossos impulsos sexuais não são os mesmos.
    Como um casal, sentem-se e discutam quantas vezes vocês desejam ter relações sexuais na semana. Quem tem o maior impulso sexual em seu relacionamento? Quem tem menos?
    É importante discutir esta questão com o seu cônjuge antes que esse assunto termine em briga. Tenham em mente que não há um número definido de vezes que os casais devem ter relações sexuais em uma semana.
    Discutam suas necessidades e se comprometam com a frequência. Esses desejos mudam ao longo do tempo, portanto, é uma discussão que deve ser refeita quando sentirem que você e seu cônjuge estão tendo pouco ou muita intimidade.
  • 2. O que você mais gosta?

    Todos temos nossos alimentos favoritos, restaurantes, livros, filmes, etc. E, a intimidade não é uma exceção ao que preferimos.
    Quando se trata de sexo, o que o deixa animado e o que faz você se sentir mais íntimo? O seu cônjuge sabe o que você gosta? Você já disse a ele? Se o seu cônjuge não sabe, diga-lhe hoje.
    O que você e seu parceiro gostam pode ser diferente, por isso não pense automaticamente que só porque o outro diz que gosta, ele gosta mesmo. Comuniquem-se e estejam sempre abertos a ouvirem um ao outro.
  • 3. O que não está legal para você?

    Esta questão é semelhante à última, mas implica um pouco mais. Antes, durante e depois das relações com o seu cônjuge falem sobre algumas das coisas que o excitam e as que os desanima.
    Como você quer as preliminares? Quando você mais quer sexo?
    Tão simples como estas perguntas soam, você e seu cônjuge precisam saber o que excita o outro e que tipo de intimidade os aproxima mais.
    Ao ter esta conversa, não acusem ou culpem a outra pessoa. Nunca faça o seu parceiro se sentir culpado por não saber o que você gosta ou desgosta. Em vez disso, conversem com bondade e amor. Mostrar gratidão quando o seu cônjuge tenta acertar é uma das maneiras mais eficazes de comunicar o que você gosta.
  • 4. Você se sente sexualmente conectado e seguro?

    Conexão emocional e íntima é uma das muitas razões pelas quais os casais têm relações sexuais. É importante para você saber se o seu cônjuge está sentindo essa conexão ao fazer amor.
    Pergunte ao seu parceiro: Você se sente rejeitado ou abusado sexualmente? Você vê o sexo como uma tarefa ou dever?
    A fim de ter intimidade incrível no seu casamento, certifique-se o seu cônjuge se sente seguro, confia e se sente ligado a você.
  • 5. O que o sexo significa para você?

    É sexo por prazer, procriação, conexão e/ou diversão?
    Entender o que intimidade significa para o seu parceiro pode ajudar a compreender melhor os seus hábitos sexuais e desejos.
    Explorem este tema em conjunto. Talvez ambos percebam que o sexo pode ter muitos significados diferentes e que em alguns dias o sexo tem significado distinto de outros dias.
  • 6. Como você define um casamento "sem sexo"?

    Esta pergunta é difícil, especialmente quando você tem um casamento sem sexo, ou quando o seu cônjuge não está interessado em falar sobre intimidade. Mas é importante para vocês discutir o que um casamento sem sexo significa para cada um. Se você está em um casamento sem sexo, há esperança.
    Talvez o seu parceiro considere ter relações sexuais uma vez por semana como um casamento sem sexo, mas você não. Lembre-se que somos todos diferentes e é bom saber como o seu cônjuge vê. Não se surpreenda se ele tiver uma visão completamente diferente da sua. Falar sobre a frequência ideal para cada um de vocês irá promover a compreensão.
  • 7. O que você faria em tempos de uma crise de saúde?

    Esta pode parecer uma pergunta estranha para se fazer ao falar sobre intimidade. Mas saber a expectativa de cada um sobre tempos difíceis ou quando um de vocês está doente, sente dor durante o sexo ou estiver inválido. Outras perguntas a fazer são talvez mais específicas de gênero:
    Como você reagirá quando sua esposa tiver alterações hormonais devido à gravidez, o parto ou a menopausa?
    O que você faria se seu marido viesse a sofrer de disfunção eréctil?
  • 8. Como reagiria caso um dos dois tenha uma diminuição ou aumento do desejo sexual?

    O corpo humano é projetado para sofrer várias alterações com base em diferentes eventos próprios da vida e da idade. Nossos impulsos sexuais são uma parte destas alterações.
    Por exemplo, a morte de um ente querido ou um aborto certamente impactam no desejo sexual. Pode ser alto se houver necessidade de conexão emocional ou físico. Ou pode ser baixo, se houver desejo de solidão ou de não ser tocado.

quarta-feira, 13 de julho de 2016

O Namoro e o Julgo Desigual

Muitas pessoas me perguntam sobre o namoro com jugo desigual, ou seja, aquele em que um cristão se relaciona com um não cristão. E geralmente elas usam argumentos, como: "ele(a) não serve a Deus, mas é uma pessoa muito boa. O que tem de errado nisso?".
No entanto, a Bíblia diz que não basta a pessoa ser 'gente boa' se ela não professa a mesma fé que você. Há um versículo no livro de Amós que diz: "Duas pessoas andarão juntas se não tiverem de acordo?" (Amós 3:3). A verdade é que é praticamente impossível haver comunhão e um relacionamento totalmente saudável quando um casal possui valores diferentes. Por mais que se amem, haverá algum momento em que os dois entrarão em conflito.
Conheço casos de pessoas que sofrem muito em casamentos onde um dos dois não é cristão. Isso acontece porque uma pessoa que não nasceu de novo espiritualmente, por mais que queira, não consegue obedecer a Palavra de Deus. - "A mentalidade da carne é inimiga de Deus porque não se submete à lei de Deus, nem pode fazê-lo. Quem é dominado pela carne não pode agradar a Deus" (Romanos 8:7-8). (Leia: O que significa aceitar Jesus como salvador?)
Muitas pessoas apostam que o namorado ou namorada irá se converter após o casamento. Mas quem garante? Alguns, inclusive, chegam até a usar a passagem de Atos 16:31 fora do contexto: "Creia no Senhor Jesus, e serão salvos, você e os de sua casa". Elas acreditam que, após o casamento, basta declarar esse versículo e o cônjuge se converterá. É claro que existem casos que, para a glória do Senhor, o cônjuge se converte com o tempo. Mas infelizmente nem sempre é assim. Por isso o apóstolo Paulo alertou: "Não se ponham em jugo desigual com descrentes. Pois o que têm em comum a justiça e a maldade? Ou que comunhão pode ter a luz com as trevas?" (2 Coríntios 6:14).
Para compreendermos melhor, precisamos saber qual o significado de jugo. Jugo é uma peça de madeira colocada sobre dois bois que, unidos, puxam uma carroça ou um arado. Vamos imaginar que, em vez de dois bois, colocássemos um boi e um bode nesse jugo. Teríamos um jugo desigual e, por mais que os dois animais se esforçassem, o trabalho seria prejudicado e eles sofreriam muito. Isso acontece porque cada animal tem ritmos e características muito diferentes.
E, da mesma forma, isso acontece com as pessoas. Se um cristão comprometido com Deus se envolve com um não cristão, certamente sofrerão muito por terem um jugo desigual. É exatamente por isso que o Senhor recomenda que o casamento seja feito entre pessoas que obedecem a Sua Palavra. Casamento é para a vida toda e não podemos nos arriscar. Então, é aconselhado que você se envolva com pessoas que pratiquem a mesma fé que a sua. Para isso, confie em Deus, ore e tenha paciência. E antes de envolver em um relacionamento, faça de Jesus o principal relacionamento de sua vida, confiando Nele para trazer a pessoa certa, no tempo certo.
Fonte: http://www.pastorantoniojunior.com.br/mensagens-evangelicas/o-namoro-e-o-jugo-desigual#ixzz4EJppRADs