Um Recado Para Você!

quinta-feira, 28 de setembro de 2017

Um Esposo Abençoado - Não Perfeito!

Resultado de imagem para casal desenhoE aconteceu que, chegando ele para entrar no Egito, disse a Sarai, sua mulher: Ora, bem sei que és mulher formosa à vista;
E será que, quando os egípcios te virem, dirão: Esta é sua mulher. E matar-me-ão a mim, e a ti te guardarão em vida.
Dize, peço-te, que és minha irmã, para que me vá bem por tua causa, e que viva a minha alma por amor de ti.
E aconteceu que, entrando Abrão no Egito, viram os egípcios a mulher, que era mui formosa.
E viram-na os príncipes de Faraó, e gabaram-na diante de Faraó; e foi a mulher tomada para a casa de Faraó.
Gênesis 12:11-15

Abraão é conhecido como o Pai da Fé, um cara incrível, amigo de Deus, obediente, respeitado no lugar, cheio de promessas em sua vida, porém, um ser humano.
E no texto bíblico acima temos Abraão, ao que me parece,  numa flagrante falta de fé, usando de meia verdade (mentira) ao dizer que Sara era sua irmã e assim não corresse risco de morte, vez que ela era mulher desejável. Abraão não confiou que Deus o guardaria? Esqueceu-se da promessa? Tudo que indica que sim.
Nossa humanidade faz com que não sejamos perfeitos, sempre suscetíveis a erros, más escolhas, e outras bolas foras.

 Ninguém olhe para si mesmo como alguém todo suficiente, isso não é possível. Tanto o marido como a esposa, não deve esperar perfeição de quem é imperfeito, nunca idealizar que o outro irá suprir todas suas carências e necessidades, e nem tampouco imaginar que irá acertar sempre. Um marido, como homem que é, tende a achar que é todo suficiente em termos de relacionamento, podendo suprir completamente sua esposa com relação a interagir com pessoas. Alguns chegam a pensar que ver gente, rir com amigas e amigos, estar com parentes, visitar e ser visitada, não é uma necessidade, mas tenho uma informação àqueles que assim pensam, vocês estão enganados.  Em situações normais, gente gosta de gente e esposa, antes de ser esposa é gente. Somente Deus é capaz de suprir todas as necessidades de alguém. Portanto não seja o opressor dela nesse sentido, mas seu libertador, como bom marido que é. Compreender e perdoar o outro quando errar se faz necessário. Esteja pronto para isso, porque, certamente, ambos falharão em algum momento.Bom, pior do que fazer más escolhas trazendo prejuízo para nós mesmos, é causar danos na vida daqueles que estão perto da gente, como foi o caso de Abraão que com sua mentira expôs a risco aquele que o acolheu no momento da fome.Todo empenho deve ser realizado para não prejudicarmos inocentes com nossos erros. 

Tenho por hábito orar a Deus pedindo que me ajude a não errar feio demais, cometendo erros irreparáveis, ações que gerem prejuízos para inocentes. Nossas decisões e escolhas são como lançar uma pedra no lago, geram ondas, mais fortes ou mais fracas, alvissareiras ou destruidoras, e o nosso entorno será alcançado por essas ondas. Daí o cuidado com tudo o que fazemos para que vidas não sejam transtornadas por ondas que criamos.Costumo dizer que assim como as bênçãos seguem as pessoas que tem fé, trazendo a existência coisas poderosas, mas, a maldade também tem o poder de seguir pessoas trazendo destruição. Tem indivíduos que entram num ambiente e parece que a presença deles encheu o lugar, trazendo bem estar e alegria, já outros, sua chegada mais parece a entrada de um elefante numa relojoaria, um desastre. Há maridos  que sua chegada é esperada com ansiedade por ela e pelos pequenos, mas também tem alguns que despertam temor, especialmente pela sua imprevisibilidade, nunca se sabe como estará o seu humor. As leitoras deste livro terão marido imperfeito, mas tomara que seja perfeitamente amável, homem que provoque saudades. E aos maridos, recomendo, lembre-se da pedra no lago, e reflita que tipo de onda você gera em seu lar, e em suas relações, que sentimentos são esses que você está provocando.


http://casadosemcristo.blogspot.com.br/

QUER UMA FAMÍLIA? COMECE CERTO.

Resultado de imagem para familia
A sua intenção é ter uma família? Então saiba que o que começa errado, tende a não dar certo. Veja a história de Sara e Abraao. 

E disse Sarai a Abrão: Eis que o Senhor me tem impedido de dar à luz; toma, pois, a minha serva; porventura terei filhos dela. E ouviu Abrão a voz de Sarai.
Assim tomou Sarai, mulher de Abrão, a Agar egípcia, sua serva, e deu-a por mulher a Abrão seu marido,...Gênesis 16:2,3

Agar, a escrava, passou a desprezar Sara logo que engravidou. 
É muito interessante esse momento. 
Sara era senhora, mas tornou-se escrava de Agar quando tomou emprestado seu útero. 
Cumpriu-se o que Provérbios 22.7, quem toma emprestado torna-se escravo daquele que emprestou. 

Aprendemos aqui muitas lições, primeiro é não se tornar escravo agindo afoitamente, deixando de esperançar em Deus. Isso vale para todas as situações da vida. Sara não quis manter firme a esperança e a paciência até que a promessa se cumprisse e desse a luz a um filho. A paciência é uma das virtudes onde o tempo é absolutamente necessário. E na prova do tempo, Sara foi reprovada, impaciente não soube esperar.

A escrava Agar parece que foi usada, injustiçada, e quando pôde cobrou seu preço. Gostamos quando lemos no evangelho de Marcos que as bênçãos, sinais e maravilhas seguem aqueles que creem, mas é preciso lembrar que nossas maldades também nos alcançam com suas consequências. Elas  sempre nos acham. 

Sara e Abraão erraram feio nessa decisão que saiu da raia do pecado do adultério e poligamia e chegou as raias da maldade em fazer usura da escrava que foi tratada como sendo não humana, desprovida de sentimentos. Como poderia alguém que não é humano, é coisa, é propriedade, e ainda assim gerar um filho humano para Abraão. 

A coerência é umas das virtudes mais belas dos que temem a Deus. Nossos pensamentos, palavras, e atitudes tem que ser condizentes com nossa condição de filhos de Deus, independentes de nossos objetivos. 

Quando a escrava grávida começa a se sentir gente, vem logo o desejo de competir com a sua dona, então a despreza. Diante disso Sara coloca culpa em seu marido, sendo que na verdade foi ela quem jogou a escrava nos braços dele. Nas crises conjugais, geralmente, há mais de um culpado, e, costumeiramente, poupamos a nós mesmos e culpamos o parceiro, e isso não é justo. A serva pertencia a Sara, mas preferiu acusar o marido e exigir sua intervenção. Queria que o marido Abraão resolvesse um problema que ela deu causa estando em suas mãos o poder de resolvê-lo.

Especialmente quando um homem é maduro, ele detesta ser acusado de algo que não fez, ou que pelo menos não tem culpa sozinho, muitos casamentos se rompem por causa disso. Preste atenção, não se precipite diante de erros cometidos, assuma sua parcela de culpa e busque soluções discutindo o problema e não acusando alguém.

Sara achou que poderia começar uma família usando sua serva, foi um mau começo. Aquilo que começa errado tende a não dar certo.

O que você está tentando construir tem uma boa base de amor, há firmeza, alguém está sendo ferido, direitos estão sendo preservados, os riscos foram calculados, e se tem risco é possível ter o controle deles, e por fim, é justo? Pense nisso, para que algo dê certo não se deve começar errado.

Mas digamos que você começou errado um relacionamento, e agora? Bom, embora não seja possível voltar ao passado para fazer o certo, mas é possível, recomeçar certo. 

Penso assim, feche o ciclo de coisas más que vem ocorrendo, perdoem-se pelos erros, e façam nova proposta, com novos planos. Realinhem seus desejos e  intenções, deixem claro o que se quer individualmente, comprometam-se com a relação e sigam em frente. 

É verdade que o que começa errado tende a não dar certo, mas isso não é uma fatalidade, é possível reverter o processo, apenas vai precisar de um maior investimento para corrigir o destino.


Meu Marido Gosta Mais do Trabalho do que de Mim !

Resultado de imagem para mulher chorandoMeu marido gosta mais de ficar no trabalho do que em casa. O que fazer?
Já aconselhei muitas esposas cujos maridos são workaholics ( trabalhador compulsivo) em um grau ou outro.Em primeiro lugar, preciso deixar claro que não posso garantir que aquilo que tenho a dizer vai automaticamente fazer com que o marido desista de trabalhar tantas horas e que esteja em casa por mais tempo. Eu de fato ofereço três observações que em geral ajudam uma esposa a lidar com a situação de uma maneira mais positiva.
Em primeiro lugar, alguns maridos trabalham porque é no local de trabalho que eles se sentem respeitados. Se uma esposa é negativa, se reclama e é desrespeitosa, qual homem vai querer voltar para casa? Conheço um homem que assobiava e cantava nas manhãs de segunda-feira , e ele não cantava nem assobiava quando voltava para casa para passar o final de semana. Quando lhe perguntaram a razão daquilo, ele disse: “Preciso ficar em casa com minha esposa nos finais de semana”.
Ora, é bem possível que, logo no início, sua esposa não o tivesse forçado a trabalhar tantas horas. Contudo, à medida que o padrão se estabeleceu, suas reclamações em voz alta e cheias de amargura, aumentaram, e a negatividade dela o persuadiu a permanecer no trabalho o maior tempo possível. Um homem não houve o profundo clamor do coração de uma esposa quando ela faz um ataque pessoal tanto a ele quanto a seu trabalho. Ele não ouve “resgate-me”.Em vez disso, ele ouve “desprezo você”. Assim, ele pede ( ou opta) por ficar mais horas no trabalho.
Segundo, se há necessidade de que alguma mudança seja feita, resmungar ou criticar não vai atraí-lo para
casa.Você não precisa elogiá-lo por todo o trabalho que está fazendo longe de casa ( não se sinta na obrigação de respeitar o que pode ser uma obsessão negativa.)Em vez disso, olhe para as áreas não relacionadas ao trabalho que você pode expressar respeito. Lembre-se, você não pode desvalorizar aquilo que ele está fazendo no trabalho, para tentar fazer com que ele valorize mais a família. Não diga nem deixe implícita a idéia “não vou respeitar você até que comece a me ajudar com a casa e as crianças”.Isso é o mesmo que forçá-lo a dizer ou a deixar implícito “não vou mais mostrar a você ou a família nenhuma quantidade de amor até que vocês comecem a me honrar por aquilo que faço no trabalho”O desrespeito nunca motiva o amor, e a falta de amor nunca motiva o respeito.
Terceiro, para influenciá-lo diretamente, diga de maneira respeitosa: “seu filho ( ou sua filha, ou nós) precisa mais de você em casa. Você tem uma influência singuar sobr ele. Em certas áreas, ninguém é mais importante para ele do que você. Pode não parecer assim para você, mas sua presença positiva tem o poder de mudá-lo. Sei que está atolado de coisas e tem pouco tempo livre, mas também sei que quer dar a ele essa parte de você que ninguém pode lhe dar.Obrigada” Depois de dizer a sua mensagem “precisamos mais de você em casa”, não a repita nos próximos dez ou vinte dias. Mais tarde, faça menção dela de novo, de maneira calma e positiva, com um tom geral de um simples “lembrete positivo de sua importância”. Sempre escolha as palavras com cuidado. Nunca deixe implícito, nem remotamente, que você está de fato dizendo “se você não fizer uma mudança positiva, seu idiota, você vai destruir a mim e a nossos filhos.” Tenha confiança na Palavra de Deus. A quietude grita para um marido. Um espírito gentil vai fazer brotar o cavalheiro que há dentro dele.
O encorajamento respeitoso de seu marido sobre seu valor para a família terá influências com o passar do tempo. Apelos não emocionais e positivos terão o seu efeito sobre um homem bem intencionado.
Texto extraído do livro “Amor e Respeito”, de Emerson Eggerichs, Ed.Mundo Cristão.

Obedecer para Harmonizar


Imagem relacionada"Vos, Mulheres, estais sujeitas a vossos próprios esposos, como convém no Senhor." Colossenses 3:18

A esposa cristã  quando temente a Deus, busca n'Ele sabedoria para que saiba administrar com êxito a sua missão que é a de cooperar com a missão do seu esposo, em relação ao seu ministério como marido, pai, profissional e também servo do Senhor.
 
E ao se conscientizar desta sua missão, ( submissão da qual cita as Escrituras Sagradas).
 
Ela passa, então, agora equipada com a sabedoria de Deus a exercer na prática esta sua missão, se submetendo ao seu marido, respeitando-o, pois aprendeu com Deus que assim como ela como esposa, deseja ser amada por seu marido, ele deseja ser por ela, respeitado, onde isto o fortalece, e o anima a ser firme em suas escolhas, em suas decisões em relação à tudo que envolve sua esposa, sua família, seu trabalho, onde por meio do exemplo dela, de esposa temente ao Senhor, ele se for cristão se fortalecerá em seu temor ao Senhor, e se não, poderá vir a se converter a Ele.
 
1 Pedro: 3. 1. Semelhantemente vós, mulheres, sede submissas a vossos maridos; para que também, se alguns deles não obedecem à palavra, sejam ganhos sem palavra pelo procedimento de suas mulheres, 
 
Deus criou a ambos, e conhece a necessidade de cada um deles.
 
Acredito que por este motivo Deus pede que a mulher respeite o marido, enquanto que ao marido, que Ele ame a sua mulher.
 
Pois é fato que a mulher se realiza de fato quando se sente amada por seu marido e confia neste amor.
 
E também é fato que o homem se sente fortalecido ao perceber que é pela esposa respeitado.
 
A submissão da qual as Escrituras Sagradas aconselha para que a esposa tenha para com o seu marido, não é imposta a ela, por força ou violência, mas sim, motivada pelo amor de seu esposo para com ela.
 
Quem não se entrega, não se submete ao amor que é demonstrado na prática em nosso favor.
 
Amamos a Deus hoje, porque Ele nos amou primeiro, e por meio deste seu amor incondicional, nos submetemos a Ele, e isto está longe de ser humilhante, vergonhoso, pelo contrário, isto nos fortalece e nos capacita a seguir o nosso caminho com mais motivação, impulsionado por este amor.
 
E por isto vencemos nossas batalhas diárias com mais facilidade, pois as Escrituras revelam que o amor tudo pode, tudo supera, tudo tolera.
 
E não é diferente quando está harmonia   se promove entre os cônjuges.
 
E ninguém sairá perdendo, pelo contrário, o coletivo sairá ganhando, ou seja, toda a família.
 
Principalmente se houver filhos.
 
Por isto, assim está escrito:
 
Efésios: 5. 22. Vós, mulheres, submetei-vos a vossos maridos, como ao Senhor;
 
Efésios: 5. 25. Vós, maridos, amai a vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,
 
 
Graça e paz abundantes em Cristo Jesus!!!
 
 
Pr. Élio Loiola


Até Que A Morte Nos Separe


Resultado de imagem para ate que a morte nos separe


Casar é Facil

Difícil é permanecer casado e viver feliz em meio à rotina do casamento. 

Nossas atitudes devem revigorar a chama da felicidade , trazendo luz e calor nos momentos de frieza e nas horas escuras das dificuldades. Mas, na prática, acontece o inverso.

Muitos se casam por motivações erradas: ter direito de usufruir do sexo ilícito, fugir dos problemas familiares, sair da tutela e vigilância de pais opressores, ter uma pessoa com quem compartilhar despesas, dar nome a um filho indesejado, satisfazer as exigências da sociedade, ser dono do próprio nariz, encontrar a felicidade.

No entanto, ainda que sua escolha tenha acontecido por razões incompatíveis com o amor, separar-se nunca é a melhor solução. Não desista! Erros passados não anulam o direito de ser e de fazer o outro feliz. 

"E serão os dois uma só carne e, assim, já não serão dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou, não o separe o homem (Marcos 10:8,9).

Separação nunca foi e jamais será o plano de Deus.

 Divórcio só acontece por causa da dureza do coração do homem. "Disse-lhes ele [Jesus]: Moisés, por causa da dureza do vosso coração, vos permitiu repudiar vossa mulher; mas, ao princípio, não foi assim" (Mateus 19:8).

É a dureza do coração irreconciliável que aventa a possibilidade da separação. O divórcio sempre promete mais do que produz. Em vez de estimulada com palavras e atos irracionais, a separação deve ser banida do relacionamento a partir do perdão e da tolerância.

Antes do divórcio, o Altíssimo ensina acerca do perdão, da reconciliação, do amor e da paz. 

Por causa da dureza do coração, a misericórdia de Deus tolera a separação. No entanto, a vontade absoluta do Senhor é frustrada com o divórcio. Jesus gostaria que o casamento jamais chegasse ao fim.

A separação quebra a união feita na presença do Senhor. O rompimento desse pacto traz resultados drásticos, tanto para o casal como para os filhos e os parentes. As feridas abertas enfrentam uma longa e dolorosa jornada para a cura.

O casamento é um pacto de fidelidade pelo qual ambos os cônjuges prometem viver lado a lado na alegria e na tristeza, na fartura e na pobreza, na saúde e na doença, na juventude e na velhice; fiéis um ao outro nos melhores e nos piores momentos. 

O que diz a Palavra do Senhor? "Não quebrarei o que saiu dos meus lábios" (Salmo 89:34).

Lute pelo seu casamento, independente da pessoa com a qual você se uniu. 

Não perca a esperança. 

Nada é impossível para Deus. 

Ele é o Todo-poderoso que pode curar a sua dor, sarar as suas feridas e arrancar o veneno de seu coração. Se Ele quiser, pode operar algo inesperado, e trazer a solução.

Não queira operar o milagre que somente Deus pode fazer. 

Não há nada que Ele não possa executar. 

O Criador tem poder para tirar você de um lugar de infelicidade e colocá-lo num palácio maravilhoso, onde reinam o amor, a paz, a alegria de um coração feliz, amável, perdoado e perdoador.  

Silmar Coelho

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Por que Marido se apaixona por outra Mulher?

  • Resultado de imagem para infidelidade conjugalEsta pergunta: "Por que meu marido se apaixonou por outra mulher?", pode tornar-se obsessiva e, no entanto, as respostas são tão variadas, que é impossível responder em uma única nota as razões específicas que levam um homem comprometido a se apaixonar por outra mulher. Sem dúvidas o amor e o casamento exigem um compromisso e ser fiel também é uma decisão, mas apesar desse compromisso e esse sentimento que você pensava ser eterno, a infidelidade pode acontecer, e quando acontece, a mulher se pergunta: "Por que acontece?", "O que eu fiz de errado?", "Por que meu marido se apaixonou por outra mulher?", e quase sempre a resposta inclui um "Tenho sido uma excelente mãe e esposa". Mas mesmo que seja doloroso aceitar, sempre temos alguma responsabilidade no que acontece dentro do casamento. Descubra através deste artigo um pouco sobre a natureza masculina e use-o para fortalecer seu relacionamento, arrisque-se:
  • Autores como John Gray e Walter Riso em seus livros "Homens são de Marte, Mulheres são de Vênus" e "Intimidades masculinas", alertaram: homens e mulheres são muito diferentes. Claro, isso não é um segredo: o problema é que dificilmente nos interessamos em conhecer a verdadeira natureza dos homens; de alguma forma os estigmatizamos com a frase "Todos são iguais", mas, mesmo que pareçam previsíveis, há muito para descobrir. Vamos ver o que os especialistas nos dizem:
  • 1. Procuram uma amiga

  • Quem iria imaginar? Homens esperam encontrar uma mulher com quem possam tornar-se emocionalmente íntimos. Quero dizer uma mulher que os escute, que os entenda, uma mulher com quem eles não tenham medo de falar sobre qualquer assunto que seja. Aquela mulher que não reage impulsivamente, que entende sem julgar, que não interrompe para dizer "eu avisei", essa mulher os encanta. Os doutores Connell Cowan e Melvyn Kinder em seu livro "As mulheres que os homens amam, as mulheres que os homens deixam", enfatizam permanentemente sobre a amiga que sempre esperam encontrar, dizem que todos os homens têm desejos profundos, por mais escondidos que estejam, de companheirismo.
  • 2. Adoram a mulher que brinca

  • Alguém que não tem medo que o rímel escorra por brincar com ele. Os homens são seres lúdicos por natureza, precisam se expressar como crianças. Então não tenha medo de parecer infantil, jogue bola com ele, um videogame, deixe que ele mostre sua criança interior e mostre a sua.
  • 3. Querem uma mulher que tenha sua própria vida

  • Apesar de serem egocêntricos, paradoxalmente morrem por uma mulher que tem uma vida, que não gira ao redor da deles, mas que com amor e gentileza os fazem entender que eles são parte de sua vida, mas não toda.
    • 4. Amam mulheres felizes

    • Ana Von Rebeur, psicóloga e escritora argentina, expressou em seu livro "Quem entende os homens", algo que me tocou profundamente sobre o que um homem espera de uma mulher, ela escreveu: "os homens só querem de uma mulher, que ela seja feliz". Então, procuram uma mulher que se ame e se aceite, que sabe claramente quais são suas limitações, mas que sabe tirar o maior proveito de seus pontos fortes, uma mulher que não faz de tudo uma tragédia.
    • 5. Amam a essência da mulher

    • O que é melhor do que eles mesmos dizendo isso. Recentemente meu amigo me disse: "Eu amo mulheres femininas". Com isso ele quis dizer que eles amam nossa essência, amam o que nos diferencia deles, a capacidade de ser fortes sem deixar de lado a sutileza e a suavidade que nos caracteriza.
    • 6. Odeiam choro que manipula

    • Minha conclusão pessoal é que odeiam sentir-se culpados e responsáveis pela nossa dor e sofrimento, por isso não suportam nossas lágrimas. Note que o choro é a expressão de um sentimento que pode ser dor, alegria, mas aqui eu me refiro ao choro que as mulheres usam como arma de controle e manipulação.
    • 7. Amam mulheres que os apoiam e defendem em público

    • Uma mulher que nunca pense em humilhá-lo em público apesar dos problemas, essa mulher os encanta, faz eles se apaixonarem.
Diana Cantor Martinez